ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Infraestrutura e Logística

Contorno trará segurança e tranquilidade para moradores

Quinta-feira, 10 de abril de 2014


O contorno rodoviário que está sendo construído em Mandaguari, região Noroeste do Estado, dará mais segurança e tranquilidade aos moradores e comerciantes da cidade. Atualmente, todo o tráfego pesado da rodovia BR 376 passa pelas ruas centrais de Mandaguari, o que gera acidentes, transtorno e barulho. “O contorno vai diminuir o excesso de trânsito, acidente e barulho. Ficará mais rápido o tráfego local e para retirar nossos produtos daqui. E isso deixará a nossa economia uma beleza”, disse o agricultor e morador da cidade, Domingos Pagi. 

Ao longo do contorno, estão sendo construídos 11 quilômetros de novas pistas, além de quatro viadutos (dois rodoviários e dois ferroviários) e três trincheiras, para o trânsito de máquinas agrícolas e animais. “Há mais de 20 anos o Paraná não tinha uma obra de implantação desse porte. Com este contorno, o Estado ficará mais competitivo. Além de possibilitar melhor fluxo, segurança e qualidade de vida para a população”, disse o secretário estadual de Infraestrutura, José Richa Filho. 

O comércio da cidade será um dos mais beneficiados com o novo contorno. “Como os caminhões fazem muito barulho, o nosso comércio é prejudicado, porque temos que gritar para os clientes nos ouvirem. E com o contorno isso vai mudar. Teremos tranquilidade e mais vendas”, explicou a comerciante e moradora da cidade, Patrícia de Araújo Martins. 

Patrícia explicou que além da melhoria no comércio, a retirada dos caminhões de dentro da cidade ajudará na conservação das ruas. “As ruas vão ficar mais limpas, com menos buracos, as crianças terão mais segurança para atravessar e menos cachorros serão atropelados. Ficará muito bom. É um sonho de 20 anos esse contorno”, disse. 

Para a diretora de escola infantil e moradora há 55 anos de Mandaguari, Vera Lúcia Bueno, a obra trará segurança e melhor aprendizado para as crianças. “Passamos um risco diário ao atravessarmos a rua com as crianças, inclusive com o transporte escolar. Com a saída dos caminhões, as crianças terão segurança, melhor concentração em sala e os professores não precisarão gritar mais”. 

O contorno desenvolverá toda a cidade. “Mandaguari sempre foi rodovia e o tráfego sempre passou dentro da cidade. Então para nós será muito bom para o desenvolvimento. Ficará uma calmaria”, disse Vera. 

E para o aposentado Vitor Pereira, que busca todos os dias o neto na escola, esse contorno melhorará a vida de todos da cidade. “Busco meu neto nos horários de pico, então vejo e participo do grande movimento no trânsito. Com o contorno, teremos menos risco, barulho e estresse. Essa grande obra vai melhorar 100% a nossa vida”, afirmou. 

CONTORNO - A obra, que tem previsão para estar pronta até o fim deste ano, já está com 75% dos serviços finalizados. A terraplenagem está com 95%, drenagem já concluída e as obras complementares com 15%. Dois viadutos já estão prontos, localizados na interseção da rodovia BR 376 (km 203 e km 211). Um dos ferroviários está com 60% e o outro com 30%. Estão sendo investidos, pela concessionária Viapar, R$ 95 milhões. 

OUTRAS OBRAS – Além do contorno de Mandaguari outras obras rodoviárias estão sendo feitas no Estado. O investimento, feito pelo Governo do Paraná, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), ou em parceria com as concessionárias, chega a R$ 1,5 bilhão. 

Confira as outras obras rodoviárias do Estado: 

PR-445 – duplicação entre Londrina e Cambé (17 km) - R$ 95 milhões – DER 

PR-323 - duplicação entre Maringá e Paiçandu (4 km) - R$ 30 milhões - DER 

BR-373 – duplicação entre Guarapuava e o Distrito de Relógio – R$ 30 milhões – Caminhos do Paraná (entrega dezembro 2014) 

BR-369/BR-376 - duplicação entre Jandaia do Sul e Apucarana (11km) - R$ 42 milhões – Viapar

PR-445 - duplicação entre Cambé e Warta (5,5 km) - R$ 45 milhões - Econorte 

BR-277- duplicação entre Medianeira e Matelândia (14km) - já entregue - R$ 49,3 milhões – Ecocataratas 

BR-376 (Rodovia do Café) - duplicação Ponta Grossa- Apucarana (231 quilômetros) – R$ 1 bilhão – Rodonorte (iniciados 11 Km, em Ponta Grossa) 

PR-317/BR-158 - duplicação Floresta-Campo Mourão (53km) R$ 208 milhões – Viapar (iniciados 41km) 

PR-417 (Rodovia da Uva) - duplicação entre Curitiba e Colombo (6,5km) - R$ 35mi – DER 

BR-277 - contorno de Campo Largo (11km) - R$ 70 milhões - Rodonorte (entrega em junho de 2014). 

BR-277 - viaduto Foz do Iguaçu (Avenida Paraná) - R$ 8 milhões - DER 

BR-277 - viaduto acesso Morretes, além de duas vias marginais e trincheiras sobre as pistas. R$ 15 milhões- Ecovia. 

BR-373 – trincheira (construção) passarela (concluída) Prudentópolis – R$ 7 milhões – Caminhos do Paraná 

BR-483 – trincheira Francisco Beltrão – R$ 3,9 milhões – DER 

Fonte: Agência Estadual de Notícias

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08h00min às 12h00min e das 14h00min às 17h00min

Última Atualização do site:  13/09/2019 15:58:35